GAAF

O Gabinete de Apoio ao Aluno e Família (GAAF) é um instrumento de Mediação Escolar e foi constituído através de um protocolo de cooperação entre o Agrupamento de Escolas D. Dinis e o Instituto de Apoio à Criança (IAC).

Este Projeto GAAF abarca, a sensibilização, diagnóstico, encaminhamento e acompanhamento das crianças, adolescentes e jovens com percursos sociais e psicopedagógicos de risco e a sensibilização, dos docentes e pessoal não docente.

Objetivos Gerais:

  • Promover condições psicopedagógicas que contribuam para a consolidação do sucesso escolar das crianças / jovens;
  • Diminuir e prevenir situações de risco;
  • Promover a inter-relação entre os diversos intervenientes; família /escola /comunidade como agentes participantes no processo de desenvolvimento sócio- educativo;
  • Articular com a Rede de Apoio Social.

Objetivos específicos:

  • Promover o desenvolvimento de competências pessoais e sociais do(a) aluno(a);
  • Contribuir para a reflexão e concretização do projecto de vida do aluno(a);
  • Prevenir situações de abandono escolar;
  • Prevenir situações de absentismo escolar;
  • Prevenir situações de violência escolar,
  • Prevenir situações que coloquem em causa a integridade física e emocional do(a) aluno(a) ;
  • Prevenir situações de consumo de substâncias psico-ativas;
  • Promover o envolvimento parental no percurso escola do(a) aluno(a);
  • Promover iniciativas para fomentar a relação entre os agentes da comunidade escolar;
  • Fomentar o trabalho articulado entre serviços da comunidade escolar.

Metodologia:

Abordagem e acompanhamento à criança/jovem e à família, em contexto informal e formal, estabelecendo uma relação de confiança e empatia com a mesma;

Articulação direta e permanente com os docentes e elementos da comunidade educativa;

Trabalho em parceria com entidades e organismos externos de apoio.

é um instrumento de Mediação Escolar e foi constituído através de um protocolo de cooperação entre o Agrupamento de Escolas D. Dinis e o Instituto de Apoio à Criança (IAC).

Este Projeto GAAF abarca, a sensibilização, diagnóstico, encaminhamento e acompanhamento das crianças, adolescentes e jovens com percursos sociais e psicopedagógicos de risco e a sensibilização, dos docentes e pessoal não docente.

Objetivos Gerais:

  • Promover condições psicopedagógicas que contribuam para a consolidação do sucesso escolar das crianças / jovens;
  • Diminuir e prevenir situações de risco;
  • Promover a inter-relação entre os diversos intervenientes; família /escola /comunidade como agentes participantes no processo de desenvolvimento sócio- educativo;
  • Articular com a Rede de Apoio Social.

Objetivos específicos:

  • Promover o desenvolvimento de competências pessoais e sociais do(a) aluno(a);
  • Contribuir para a reflexão e concretização do projecto de vida do aluno(a);
  • Prevenir situações de abandono escolar;
  • Prevenir situações de absentismo escolar;
  • Prevenir situações de violência escolar,
  • Prevenir situações que coloquem em causa a integridade física e emocional do(a) aluno(a) ;
  • Prevenir situações de consumo de substâncias psico-ativas;
  • Promover o envolvimento parental no percurso escola do(a) aluno(a);
  • Promover iniciativas para fomentar a relação entre os agentes da comunidade escolar;
  • Fomentar o trabalho articulado entre serviços da comunidade escolar.

Metodologia:

Abordagem e acompanhamento à criança/jovem e à família, em contexto informal e formal, estabelecendo uma relação de confiança e empatia com a mesma;

Articulação direta e permanente com os docentes e elementos da comunidade educativa;

 

-----------------------------

"EDUCAR PARA O DIREITO"

No dia 5 de novembro realizou-se mais uma palestra "Educar para o Direito", promovida pelo GAAF , dinamizada pela excelente oradora Dra. Paula Varandas.

"Face ao preocupante número de jovens com problemas na Justiça, foi criado este projecto que visa, por meio de Palestras em escolas ou Institutos, a sensibilização dos nossos jovens para as suas erradas condutas. É um projecto certificado pelo "Fórum Justiça Independente", uma associação de Juízes Independentes, a qual disponibiliza um Juiz (mediante disponibilidade de agenda) para fazer o acompanhamento nas palestras, e que tem tido uma excelente receptividade nas Escolas e Institutos aos quais já se deslocou e já é uma referência Nacional."

O nosso agradecimento à C.M.O. por mais uma vez, nos ter disponibilizado o auditório para podermos concretizar esta acção.

Educar               Educar2

 

 

 

 

 

Trabalho em parceria com entidades e organismos externos de apoio.